Martelo batidokj

AEROPORTOS DE SÃO LUÍS E IMPERATRIZ SÃO LEILOADOS; CONCESSÃO É VÁLIDA POR 30 ANOS

Os aeroportos de São Luís e de Imperatriz foram leiloados nesta quarta-feira (7) pelo governo federal. Os terminais foram arrematados… [ ]

7 de abril de 2021

Os aeroportos de São Luís e de Imperatriz foram leiloados nesta quarta-feira (7) pelo governo federal. Os terminais foram arrematados pela Companhia de Participações e Concessões (CPC) do grupo CCR, e deve administrar os aeroportos pelos próximos 30 anos.

Os dois terminais maranhenses fazem parte do Bloco Central, composto pelo aeroporto de Goiânia (GO), de Palmas (TO), Petrolina (PE) e Piauí (PI). Os seis aeroportos foram arrematados por R$ 754 milhões, com ágio de 9.156,01%. Ao todo, serão investidos R$ 1,8 bilhão no bloco.

Além do valor à vista, as regras do leilão preveem uma outorga variável, a ser paga a partir do quinto ano de contrato até o fim da concessão.

Leilão de aeroportos

Nesta quarta-feira (7), foram leiloadas a concessão de 22 aeroportos do país. O governo federal arrecadou R$ 3,3 bilhões com o leilão e a estimativa, é que a União arrecade R$ 6,1 bilhões durante os 30 anos de concessão.

Propostas vencedoras

Bloco Sul

  • Companhia de Participações em Concessões: R$ 2,128 bilhões, ágio de 1.534,36%

Bloco Norte

  • Vinci Airports: R$ 420 milhões, ágio de 777,47%

Bloco Central

  • Companhia de Participações em Concessões: R$ 754 milhões, ágio de 9.156,01%

Este é o segundo leilão de aeroportos do governo do presidente Jair Bolsonaro. No anterior, realizado em março de 2019, o governo arrecadou R$ 2,377 bilhões à vista com a transferência de 12 aeroportos para a iniciativa privada. O ágio médio foi de 986% e 9 grupos participaram da disputa.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!