Aplausos para à vida

CELEBRANDO À VIDA: EM PINHEIRO, MAIS 4 PACIENTES ESTÃO CURADOS DA COVID-19

Mais 4 pacientes se recuperaram da Covid-19 e já estão em casa, conseguiram retornar para suas famílias com a saúde… [ ]

12 de maio de 2020

Élson Ferraz de Souza morador do povoado Ponta de Santana, já está em casa.

Mais 4 pacientes se recuperaram da Covid-19 e já estão em casa, conseguiram retornar para suas famílias com a saúde restabelecida e com o sentimento de vitória. O Hospital Dr. Antenor Abreu está preparado e continua se aperfeiçoando no combate a essa doença. De um lado a estrutura: 21 leitos, sendo: 6 com respiradores e uma ala vermelha montada exclusivamente para o tratamento de pacientes com o Coronavírus. Do outro lado: equipe treinada; equipada; protegida e comprometida com bons resultados. Pronta, não para aplaudir as mortes, como alguns fazem, mas para celebrar as vidas, as recuperações continuam acontecendo e isso é motivo de felicidade para aqueles que desejam o bem para Pinheiro.

Élson Ferraz de Souza morador do povoado Ponta de Santana; a recuperação desse paciente em especial é simbólica. Representa a luta de uma equipe, não só pela recuperação de seus pacientes, como também contra as campanhas criminosas de Fake News.

O caso do Élson foi envolvido em uma polêmica – nas redes sócias circulou uma mensagem onde afirmava que esse paciente estaria morrendo por falta de assistência médica no Hospital Dr. Antenor Abreu, acusação mentirosa e propagada por muitos como artifício político para atingir a administração, os incansáveis ataques de uma oposição irresponsável que aposta no medo e na insegurança dos pinheirenses, em relação ao atendimento de saúde, para ganhar notoriedade.

O fato é que cada dia mais pessoas estão se recuperando, como ontem que além do Élson, mais 3 pacientes voltaram para suas famílias. Carlos Nonato Ribeiro de 76 anos, José Almeida Ferraz de 55 anos e Inaldo Brito Ferreria de 43 anos. Esses nomes foram adicionados a extensa lista de pessoas que foram salvas pela equipe de saúde do Hospital Antenor Abreu. Em respeito a esse trabalho que representa a diferença entre vida e morte, quem os ataca deveria repensar seus atos e olhar a vida com mais otimismo, porque esses profissionais estão fazendo a diferença e para quem precisar, eles estarão lá.

José Almeida Ferraz de 55 anos, chegou com complicações devido a Covid-19 e já teve alta médica.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!