Delação?

CPI DOS COMBUSTÍVEIS CONVOCA AGIOTA PACOVAN PARA DEPOR NA PRÓXIMA QUINTA, DIA 27

Foi aprovado na CPI dos Combustíveis nesta terça-feira (25) a convocação do dono da rede de postos de combustíveis Joyce,… [ ]

25 de maio de 2021

Foi aprovado na CPI dos Combustíveis nesta terça-feira (25) a convocação do dono da rede de postos de combustíveis Joyce, Josival Cavalcante da Silva, conhecido como agiota “Pacovan”. A Comissão Parlamentar de Inquérito foi instalada na Assembleia Legislativa do Maranhão para apurar supostas irregularidades envolvendo sucessivos reajustes de preços .

De acordo com o Mandado de Intimação nº 004/2021 que o Blog do Domingos Costa teve acesso, o agiota Pacovan tem de comparecer na qualidade de testemunha no Sítio do Rangedor na próxima quinta-feira, dia 27, as 14h30 para depor perante os deputados estaduais membros da CPI.

“Fica Vossa Senhora advertida que a falta de comparecimento poderá acarretar em medida de condução coercitiva”, diz o Mandado de Intimação assinado pelo presidente da Comissão, o deputado Duarte Júnior.

– Histórico

Pacovan foi alvo da “Operação Jenga” que apurou fraude e crime de lavagem de dinheiro a partir de postos de combustíveis que tinham contratos com prefeituras maranhenses. Desencadeada em maio de 2017, a primeira fase da Jenga conseguiu prender 18 pessoas, apontadas como os chefes da organização criminosa que desviou mais de R$ 200 milhões dos cofres públicos do Maranhão.

A Polícia denunciou Pacovan por montar uma rede de postos de combustíveis os quais eram utilizados para não vincular a movimentação financeira e disfarçar a origem ilícita do dinheiro movimentado nas contas bancárias dessas empresas, dinheiro esse oriundo da prática da agiotagem e também do desvio de verbas públicas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!