Economia

GASOLINA TEM AUMENTO DE 19% EM RELAÇÃO A 2020

Em alta desde o Ano Novo, o valor da gasolina em 2021 registrou um aumento de 19,5% na média nacional… [ ]

20 de janeiro de 2021

Em alta desde o Ano Novo, o valor da gasolina em 2021 registrou um aumento de 19,5% na média nacional quando comparado com menor preço de 2020, no mês de maio. De acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a gasolina nos primeiros dias do ano é comercializada ao preço médio de R$ 4,786 nos postos brasileiros.

O valor é 1,92% mais caro que a média por litro no fechamento de dezembro e está acima do registrado em todo o ano passado. Se compararmos com a primeira quinzena de dezembro, a gasolina teve um aumento de 2,18% em um mês, se compararmos com maio de 2020, o aumento chega a 19,5%.

Mesmo com o aumento, a gasolina ainda é mais rentável que o etanol em 20 estados do Brasil. “O litro da gasolina é 6% mais barato na Região Sul do que na Região Nordeste. Ainda assim, todos os Estados em ambas as regiões têm o combustível com vantagem em relação ao etanol. O IPTL deste mês, no entanto, nos mostra que a gasolina teve aumento em todos os Estados”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

A Região Norte lidera os índices de alta e de baixa. No Amapá o combustível é comercializado à média de R$ 4,243, o menor preço registrado no país, já no Acre, o preço mais caro, a média é de R$ 5,207. Com exceção do Acre, apenas no Rio de Janeiro valores acima de R$ 5,00 foram registrados, a média lá é de R$ 5,093.

O maior aumento foi registrado no Amazonas, onde o preço da gasolina cresceu 4,43% em relação a dezembro e é comercializado a R$ 4,530. A região Nordeste tem a média de gasolina mais cara, custando R$ 4,846. Na Região Sul, que tem o menor preço, a média de preço está em R$ 4,574.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!