Seca na Baixada

GOVERNO DO MA EMITE NOTA SOBRE SITUAÇÃO DA ESTIAGEM QUE AFETA PESCADORES NA BAIXADA MARANHENSE

O governador Carlos Brandão anunciou nesta quinta-feira (28), em mensagem publicada nas redes sociais, que está acompanhando a extrema estiagem… [ ]

29 de dezembro de 2023

O governador Carlos Brandão anunciou nesta quinta-feira (28), em mensagem publicada nas redes sociais, que está acompanhando a extrema estiagem que tem afetado pescadores na Baixada Maranhense, e vai buscar soluções para contornar a crise gerada com a seca.

“Estamos acompanhando as condições hidrometeorológicas da estiagem que afetam os pescadores na Baixada Maranhense. Não mediremos esforços para contornar a situação, inclusive, buscando soluções para impedir a seca no lago Itans”, anunciou o governador.

Também nesta quinta-feira, a Secretaria de Meio e Recursos Naturais (Sema) do Governo do Estado do Maranhão, divulgou nota onde destaca que segue monitorando “as condições hidrometeorológicas do estado”.

A seca registrada em 2023 na Baixada Maranhense é a maior da última década e foi tema de reportagem exibida pela TV Globo. A estiagem afetou a produção de peixes no Lago do Itans, localizado no município de Matinha, a 222 km de São Luís. A projeção dos trabalhadores é que cinco toneladas de peixes tenham morrido com a estiagem, que já dura seis meses.

Também nas redes sociais, o secretário de Estado do Meio Ambiente, Pedro Chagas, lembra que a seca atingiu outras regiões do Brasil e que já há previsão de “reforço de chuvas” para os primeiros dias de 2024.

“Nas últimas 24 horas já foram registradas chuvas em algumas cidades do Maranhão. Com isso os níveis dos rios e lagos voltarão à sua normalidade”, esclareceu.

Pedro Chagas destacou ainda, que a “Sema vem monitorando as condições hidrometeorológicas e divulgando dados” para que possam ser tomadas medidas que minimizem os impactos socioambientais.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!