Imparcial?

JUIZ QUE MANDOU DERRUBAR CASA DE LAVRADOR A PEDIDO DA PREFEITA JOSINHA, AGORA MANTÉM SHOW DE SAFADÃO EM ZÉ DOCA

O juiz Marcelo Moraes Rêgo de Souza, titular da 1ª Vara da Comarca de Zé Doca (foto), concedeu duas decisões… [ ]

4 de outubro de 2023

O juiz Marcelo Moraes Rêgo de Souza, titular da 1ª Vara da Comarca de Zé Doca (foto), concedeu duas decisões recentes em favor dos interesses da prefeita Josinha Cunha (PL).

Na primeira, que ganhou repercussão nacional, o magistrado mandou derrubar – a pedido da prefeita – a casa do lavrador Manoel França dos Santos, conhecido como “Seu Mano”, na zona Rural. Os vídeos da atrocidade viralizaram em todo o país.

A segunda decisão de Marcelo Moraes foi nesta terça-feira (03). O juiz simplesmente discordou do Ministério Público do Maranhão que pediu à Justiça o cancelamento imediato do show do cantor Wesley Safadão, previsto para acontecer na noite desta quinta-feira, dia 05 de outubro de 2023, na Praça do Comércio – alusivo aos 36 anos da cidade.

Para o MP-MA o cancelamento do show é  justificado diante da imoralidade, vez que custará aos cofres públicos o valor de R$ 700 mil. O Ministério Público diz que existe precariedade do cenário das políticas públicas em Zé Doca e, também, argumenta que segundo dados do IBGE, o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do município é 0,594, colocando o município em 67º lugar, entre os 217 municípios do estado, demonstrando a necessidade de maior efetivação de políticas públicas pela gestora municipal.

Mesmo com todos os argumentos do Ministério Público, o juiz Marcelo – aquele mesmo que mandou derrubar a casa do lavrador a pedido da prefeita Josinha, não acolheu a Ação e indeferiu o pleito, portanto, determinando a realização do show do cantor Safadão, que custará 700 mil reais aos cofres da prefeitura.

O MP-MA já recorreu da decisão ao Tribunal de Justiça do Maranhão…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!