Prioridades

“NÃO É PRIORIDADE PARA O PREFEITO” COMENTA ACS EM PEDRO DO ROSÁRIO ENQUANTO AGUARDA BOA VONTADE DO PREFEITO

Aprovados no seletivo para as vagas de ACS’s – Agentes Comunitários de Saúde e, ACE’s – Agentes Comunitários Epidemiológicos, reinvidaram… [ ]

13 de agosto de 2020

Aprovados no seletivo para as vagas de ACS’s – Agentes Comunitários de Saúde e, ACE’s – Agentes Comunitários Epidemiológicos, reinvidaram direito de assumir e alegam perseguição por parte do Prefeito Raimundo Antonio. Segundo uma nota que circulou grupos de Whatsapp, os agentes denunciam o descaso e falta de compromisso por parte do gestor, segundo a nota o motivo para o descaso é a forte possibilidade de sua derrota no projeto de reeleição.

“ISSO NÃO É PRIORIDADE.”

Assim pensa o prefeito de Pedro do Rosário; Raimundo Antônio Silva Borges, em referência à admissão dos seletivados em 2016, para as vagas de ACS’s – Agentes Comunitários de Saúde e, ACE’s – Agentes Comunitários Epidemiológicos.

Para o gestor, sua maior prioridade no momento, é tentar sua reeleição. Mesmo sabendo que está difícil, diante da falta de compromisso e respeito com o povo de Pedro do Rosário.

Segundo informações colhidas com alguns seletivados, mesmo diante da necessidade desses profissionais de grande importância, para atuarem na atenção básica da saúde, o prefeito por questões políticas, está usando o cargo, para impossibilitar o ingresso dos mesmos na função que foram classificados.

Conforme relatos de alguns seletivados, mesmo sendo convocados à fazerem todos os exames admissionais, e apresentarem todos os documentos exigidos pela secretaria de administração, e também serem cadastrados no CNES – Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, ainda assim, o prefeito está criando obstáculos, para que os mesmos não sejam inseridos no quadro de servidores públicos municipais. E de uma certa forma, alguns estão sendo prejudicados, porque foram informados para o CNES, e não estão trabalhando, com isso tiveram o auxílio emergencial suspenso.

Tudo indica, que essa má vontade do prefeito, é porque o mesmo não está bem no cenário político de Pedro do Rosário. Com isso, quem sofre as consequências, é o povo daquela cidade.

Veja também:

EM PEDRO DO ROSÁRIO, APROVADOS DE SELETIVO EXIGEM NA JUSTIÇA DIREITO DE ASSUMIR.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!