Denúncias

SENADOR ROMÁRIO AFIRMA SOBRE FERNANDO SARNEY: GANHA QUASE 300 MIL, ESSA PALHAÇADA E FALTA DE NÃO PODE CONTINUAR”

Por meio de suas redes sociais, o ex-jogador da seleção brasileira Romário (PL) fez um forte desabafo nesta quinta-feira (15)… [ ]

16 de julho de 2021

Por meio de suas redes sociais, o ex-jogador da seleção brasileira Romário (PL) fez um forte desabafo nesta quinta-feira (15) sobre a crise política que vem sendo enfrentada pela CBF.

Em uma postagem no Instagram, o ex-atacante e senador pelo Rio de Janeiro disse que a entidade é “acéfala” e falou sobre o escândalo envolvendo Rogério Caboclo, que foi afastado da presidência por até 90 dias após acusação por uma funcionária de assédio sexual e moral.

“Rogério Caboclo, Presidente da CBF, está afastado e poderá ficar até 90 dias. Isso mesmo, SERÃO 90 DIAS SEM PRESIDENTE. (…) A CBF ESTÁ SEM PRESIDENTE e ainda por cima, está sob as ordens do BANIDO E PROCURADO PELA INTERPOL, Del Nero. Uma entidade totalmente ACÉFALA, onde os ‘donos’ da casa, os vices, Feijó e Carlos Eugênio Lopes, que ganha mais de 200 mil por mês, foram indiciados pelo Ministério Público e pela CPI paralela”, escreveu Romário.

Ainda na publicação, Romário detonou também Fernando Sarney, o mais importante entre os oito vice-presidentes da CBF.

“Eles só conseguem bater cabeça e cometer desmandos na gestão da entidade. ELES NADA SABEM SOBRE ADMINISTRAR, UM TOTAL ABSURDO! Além disso, temos Fernando Sarney, que ganha quase 300 mil, somado ao salário da FIFA, e Castellar Modesto Neto, que disputam a posição com outros vices. Essa palhaçada e falta de respeito não pode continuar. A entidade precisa de seriedade e essa bagunça não condiz. ISSO TEM QUE TER UM BASTA!”, completou.

Em tempo, Fernando José Macieira Sarney é um dos cotados para disputar a presidência da CBF, ele é dono do Sistema Mirante de Comunicação irmão da ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney e filho do ex-senador e ex-presidente da República José Sarney.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!