Atuação

VEREADORES SANDRO LIMA (PDT) E GUTO (PL) SE ABSTEM E NÃO VOTAM EM PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES EM PINHEIRO

Na Sessão do último dia 11 de julho, a Câmara de vereadores de Pinheiro discutiu e votou no Projeto de… [ ]

12 de julho de 2023

Na Sessão do último dia 11 de julho, a Câmara de vereadores de Pinheiro discutiu e votou no Projeto de Lei do Executivo Municipal que autoriza a execução de ações necessárias para a aquisição, construção ou reforma de unidades habitacionais para atendimento a populares, por intermédio do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.

O projeto que é encabeçado no município pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, encontrou dificuldades empostas pelos vereadores de oposição na Câmara, e ontem entrou em primeira discussão e votação, e dos vereadores de oposição, apenas Riba do Bom Viver entendeu a importância do projeto que vai construir mais de 700 casa populares na cidade.

Sandro Lima (PDT) e Augusto Vinicius (PL) não quiseram votar a favor e se abstiveram de votar, ou seja: eles ficaram indiferentes, essa condição adotada pelos dois, permite entender que os dois fizeram pouco caso para as 700 pessoas que vão ser beneficiada através da conquista daquilo que é o sonho de todo brasileiro: ter sua casa própria.

O Projeto de Lei deve ter sua segunda votação na Sessão de hoje, e certamente os vereadores devem repetir os seus posicionamentos.

Vale lembrar que o Vereador é um representante, é aquele que o povo elege para representá-lo no parlamento municipal. Quando um vereador é eleito, ele não representa apenas àqueles que votaram nele, mas sim toda a cidade, é importante que todos os munícipes acompanhem as Sessões da Câmara para ver como age cada um dos que estão lá. Só assim seria possível saber quando o vereador deixa de votar em um projeto que só visa beneficiar a população como é o caso do projeto da Minha Casa Minha Vida, que para desgosto de Sandro Lima e Augusto Vinicius, o PL deve ser aprovado e 700 famílias terão suas casas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!